Conheça o Grupo Sabin
Clientes Médicos Empresas

busca

Opções de busca:
  • Notícias
  • Serviços
  • Unidades
  • Institucional
unidades Unidades/
horário de atendimento
unidades Serviços Sabin
Sabin » Home » Sabinvacinas: Vacina PNEUMO 13 v (VPC13)

Sabinvacinas: Vacina PNEUMO 13 v (VPC13)

Vacina PNEUMO 13 v (VPC13), substitui a PREVENAR (PNEUMO 7v)

A bactéria Streptococcus pneumoniae é responsável por um grupo de doenças que pode causar meningite, pneumonia, sepse, bacteremia e otite média aguda. Atualmente, as doenças pneumocócicas já matam mais que Malária, AIDS e Tuberculose juntas.


De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), as doenças pneumocócicas são as principais responsáveis pela morte de crianças menores de cinco anos entre as causas que poderiam ser prevenidas com a vacinação.


A nova vacina pneumocócica conjugada 13-valente protegerá contra os 13 tipos da bactéria pneumococo (4, 6B, 9V, 14, 18C, 19F e 23F já presentes na 7-valente - Prevenar) e mais 6 sorotipos (1,3,5,6A,7F e 19A), causadora da meningite, pneumonia e otite média aguda que mais atingem as crianças em todo o mundo. Tanto Prevenar como a VPC13 usam o CRM197, uma proteína carreadora imunológica.


O sorotipo 19 A é considerado um dos mais agressivos para doenças como pneumonia e meningite e o principal na resistência aos antibióticos utilizados para tratar as doenças pneumocócicas. Esta bactéria pneumococo do sorotipo 19A vem crescendo em várias regiões do mundo, inclusive no Brasil, e vem mostrando resistência aos antibióticos.


Vantagens da vacina VPC13, conforme evidências científicas:

1. Cobertura aos 13 tipos de bactérias do pneumococo mais resistentes aos antibióticos utilizados no tratamento da meningite e pneumonia em crianças menores de cinco anos;

2. Segurança de uso simultaneamente com outras vacinas do calendário básico da criança;

3. Uso há mais de 20 anos da proteína CRM197 responsável pela maior imunogenicidade da vacina;

4. Sorotipos 19 A, 6 A e 3, exclusivos de Prevenar  13v .
 
Esquema de Vacinação

Imunização primária, ou seja, a criança ainda lactente até seis meses de idade: três doses, com intervalo de 2 meses (recomendado entre 4 a 8 semanas ) e uma quarta dose entre 12-15 meses de idade.
1ª dose aos 2 meses de idade, 2ª dose aos 4 meses de idade e 3ª dose aos seis meses de idade.
4ª dose entre 12 e 15 meses de idade, e no mínimo dois meses após a 3ªdose.

Crianças NÃO vacinadas previamente (sete meses até 5 anos ):
1 ª dose de 7 a 11 meses de idade: três doses (intervalo mínimo entre as doses é de 4 semanas, 3ª dose após o primeiro aniversário, separadas da 2ª dose por ao menos dois meses);
12 a 23 meses de idade: duas doses (intervalo mínimo entre as doses é de dois meses);
24 meses (2 anos) a 5 anos de idade (antes de fazer 6 anos): uma dose única.


Empresas Parceiras